Cifrar Uma Musica Dicas

Então você quer se aventurar na música de ouvido e quer aprender como criptografar uma música? Hoje queremos mostrar passo a passo como fazer sua primeira cifra musical. É um processo que não é simples, mas é mais fácil para os outros verem após a primeira criptografia.

Em primeiro lugar, lembre-se de que você precisa de três coisas para criptografar sua música: – conhecer os acordes básicos maiores, menores e de sétima; – Ter ouvido pouco desenvolvido para poder identificar os acordes;

– Afine sua guitarra. Outra coisa importante a mencionar aqui é que os níveis de cada estudante de música são diferentes. Como esta é a primeira vez que criptografa uma música, recomendamos que você escolha músicas mais simples para que possa concluir a criptografia, evitando o inacabado e a frustração. Depois de explicar essas coisas, vamos aprender a codificar uma música.

Passo a passo de como cifrar uma música: identificando acordes

Para esta aula, escolhemos a música “Party Girl” do U2. Começamos ouvindo a música repetidamente até estarmos familiarizados com ela. Mas não se limite a ouvir ouvir, analise aqui:

– Identificar as partes onde há mudanças de acordes; – Tente sentir quando o acorde está mais “feliz” ou mais “melancólico”, pois isso o ajudará a entender quando um acorde maior ou menor é usado, embora este não seja necessariamente o caso;

– Comece tocando as cordas do baixo (cordas mais baixas) ou mesmo pressionando as teclas do teclado até encontrar uma nota que corresponda a uma parte da música.

Portanto, volte a esta parte e tente construir um acorde maior ou menor em um instrumento que tenha aquela nota e veja se ele se encaixa. Um acorde de nota quase sempre funciona, por exemplo: se houver uma nota C, adicione um acorde C.

Encontrando os acordes

Para esta aula, escolhemos a música “Party Girl” do U2. Em nossa peça de amostra, sentimos que há um acorde menor no início, neste caso vamos tentar os acordes menores até encontrarmos um que se encaixe ali. Encontramos o acorde Bm. Aqui podemos ser o campo harmônico Bm experimentando os acordes que fazem parte dele, ou seja: Bm – C # ° – D – In – F # m – G – A Se notarmos que depois de tocar um acorde Bm nesta peça, ele muda o acorde e parece outro acorde menor, então podemos testar o Em ou F # m.

Nesse caso, Em se encaixa melhor. Então a música muda de acordes novamente logo depois de tocarmos o Em, mas você pode ver que o acorde está mais “alegre”. Seria um acorde maior? Vamos testar. Quais são as nossas principais opções de acordes? Temos: C # ° – D – G e A. Após alguns testes, vimos que o acorde que funciona melhor é um A.

Onde colocar cada acorde?

Para criptografar uma música, você precisa encontrar os acordes que fazem parte dela e saber onde inseri-los. No caso da passagem mostrada aqui, inserimos letras (que representam acordes) porque não estamos usando os nomes dos acordes C, D etc. na criptografia, estamos usando letras.

A letra deve ser colocada acima da palavra quando o acorde é inserido, por exemplo: – Em “Party Girl”, o acorde Em passa pela sílaba “Par”. E há um acorde A acima da palavra “Girl”, logo no início. Por favor, tente criptografar esta música. É importante acabar indo para os outros somente depois de fazer isso.

Escrevemos “cifras musicais” porque o termo “cifras” também pode ser usado para descrever operações aritméticas. Figuras musicais são letras usadas para representar acordes, basicamente isso. Portanto: – Se quisermos representar um acorde C maior, usamos a letra C;

– Se o objetivo é representar um acorde C menor, usamos a letra C e um “m” minúsculo depois dela, da seguinte forma: Cm; – Mas se quisermos nos referir ao acorde E maior, usamos a letra E;

– E assim por diante. Os números nada mais são do que algumas letras do alfabeto, a saber: A, B, C, R, E, F e G. Mas nós os dividimos assim (de acordo com a ordem das notas na escala): C, R, E, F, G e A. Isso está explicado, agora vamos aprender a lembrar mais rapidamente as cifras.

para decorar cifras: saiba todos os acordes ali presentes

Não adianta querer memorizar cifras se você não conhece muitos acordes, ou pelo menos aqueles que estão na cifra. Aprenda um grande número de acordes (pelo menos maiores e menores), descubra quais estão presentes na cifra da música e treine-os, caso não os conheça. É importante dominar essa parte bem antes de iniciar a própria fase de memorização.

para decorar acordes de uma música: estude a cifra sem o instrumento

Pegue a cifra da música que deseja lembrar e estude-a sem o instrumento. Observe cada acorde ali e tente identificar e, se possível, cronometrar quanto tempo leva para aprender cada acorde.

Outra coisa importante é não se prender aos números, eles ajudarão os iniciantes a aprender suas primeiras músicas e baixar músicas da Internet.

Mas então a chave é estudar harmonia e, assim, saber quais acordes são mais adequados para cada momento da música. Graças ao Harmony Study, você nunca mais terá que se preocupar em memorizar os acordes de uma música.

Algumas Dicas Para Contar No Tom

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *